Alba Soneira

Alba Soneira nasceu em Ordes e estudou Tradução e Interpretação na Universidade de Vigo. Após um estágio numa agência de tradução em Zagreb, trabalhou como tradutora em Santiago de Compostela.

 

 

 

Blanca Albán Gilino

Cá a Blanca, em processo de galeguizar o meu nome, e ser finalmente, a Branca. Sou graduada em Língua e Literaturas Modernas, na especialidade de Português (USC) e depois fui a Vigo fazer o Mestrado de Professorado. Fui a quarta geração da família em viajar a Salvador de Bahia desde Fornelos de Montes, e a terceira em Lisboa. Também vivi no Porto com uma bolsa da Xunta e, de caminho, aproveitei para ir tirando os títulos oficiais. O CELPE-BRAS em Salamanca, o DAPLE em Lisboa e o C2 de Português na EOI de Santiago de Compostela. Adoro a diversidade das músicas dos PALOP, dancei côco, carimbó, forró, tambor de crioula e samba na Bahia, mais tarde danças do Minho num rancho no Porto e toquei adufe com as Três Moças, as Crúa e as Loba Galharda. Sou fanática das culturas de língua portuguesa, com certeza. E reintegracionista neofaladora desde aquel dia além do Minho onde descobri que escangalhado também se utilizava para chamar-lhe os bolos e que chafariz era o mesmo em Fornelos e no Brasil.

Graciela Lois

Filha de emigrantes galegos na Argentina. Sempre com a Galiza como referente até que, graças a uma bolsa da Fundação Barrié, veio estudar Psicologia à USC. Estudou português na EOI de Compostela até o Nível C1. Doutora em Psicologia. Professora-Tutora na UNED. Coordena a área de formação desde 2017.